Redução de Alunos por Turma

A notícia sobre a vontade expressa pelo ministro da educação de avançar com a redução do número de alunos por turma é um passo importante no sentido de melhorar as condições de trabalho de professores e alunos, com reflexos diretos na qualidade das aprendizagens.

Não podemos deixar de sublinhar que se esta equipa ministerial quer, verdadeiramente, inverter as politicas educativas  conservadoras e da primazia da contenção de recursos humanos, com a consequente precariedade profissional e funcionalização dos professores, retomando as atuais tendências internacionais e recomendações da OCDE sobre os sistemas educativos, deverá não só, promover as suas ideias, mas, ter coragem politica que favoreçam as condições objetivas para a sua implementação. Criar condições aos professores para que possam ser os protagonistas da mudança, o que implica, entre outras, a redução de alunos por turma, desdobramento de turmas, pares pedagógicos, equipas curriculares, centralidade no trabalho projeto, entre outras vertentes de atuação.