Plano de Formação 2019/2020 – lista e programação das ações


MISSÃO E OBJETIVOS

“Importa que os professores vivenciem percursos de formação que integrem dispositivos, procedimentos e estratégias homólogos daqueles que se deseja que eles implementem com os seus alunos. Trata-se de desafiar os professores para processos de melhoria permanente das suas práticas pedagógicas que, para serem consistentes e sustentáveis, deverão constituir-se como modalidades de formação centradas nos contextos escolares.”

Conselho Nacional de Educação, in recomendação n.º 3/2019

 

Do Plano de Atividades de Formação para o ano 2019/2020 constam, entre outros, os seguintes objetivos de intervenção.

  • Contribuir para o desenvolvimento profissional dos professores, centrando a formação na escola e desenvolvendo-a em torno do aprofundamento dos conhecimentos cientifico-pedagógicos e da reflexão sobre as próprias práticas.

 

  • Promover mecanismos de identificação das prioridades de formação a curto e médio prazo dos associados e de outros professores que se identifiquem igualmente com a ação formativa e cientifica-pedagógica da APEVT.

 

  • Elaborar e disponibilizar modalidades de formação em contexto, em resposta aos problemas identificados pelos professores nas suas práticas pedagógicas e formação.

 

  • Constituir redes de parceria com associações congéneres, associações de escolas e instituições de ensino superior, tendo em vista a diversidade e qualidade da oferta formativa.

 

Em conformidade com os resultados alcançados no ano transato, 2018/19, em que se verificou um aumento significativo de horas de formação, quatrocentas e doze até maio do corrente ano, acrescidas de mais sessenta e duas horas dos meses de Junho e Julho o que perfaz quatrocentas e setenta e quatro horas de formação, em diferentes modalidades e para os diversos ciclos de estudo, com incidência nas temáticas das Didáticas Especificas e da Flexibilidade Curricular, (vid. Gráfico), é expectável a continuação de uma maior procura de formação, decorrente do descongelamento de carreiras, o que obriga a um aumento na oferta de novas ações e da bolsa de formadores do Centro de Formação. Na totalidade das ações, até maio do corrente ano, o número de inscritos foi de cerca de quatrocentos e dois, acrescido de mais cento e oito das ações de Junho e Julho (510 inscritos), distribuídos pelas diferentes modalidades de formação.

Assim, como eixo prioritário de atuação decorrente do Plano de Atividades da APEVT, para o triénio 2018/2021, pretende-se continuar a promover ações de formação que resultem das necessidades profissionais, do interesse pessoal dos associados e das necessidades emergentes das mudanças educativas do sistema, que estimulem o aperfeiçoamento das práticas e competências nos domínios de desempenho do ensino da expressão plástica, da educação visual, da educação tecnológica e das artes visuais.

Pretende-se ainda, disponibilizar ações de formação de curta duração, que funcionem como ações motivadoras ao desenvolvimento de ações de longa duração (em modalidade de oficina, círculos de estudo e projetos), tal como recomenda o CNE, “que seja valorizada, para efeitos de avaliação de desempenho docente e de avaliação das escolas, a implementação de modalidades de formação em contexto – de longa duração (oficinas, círculos de estudo e projetos) – que decorram da reflexão e de problemas identificados pelos professores nas suas práticas pedagógicas e que, com o contributo da pesquisa dos próprios docentes, possam reverter para a sua melhoria.”

 

AÇÕES DE FORMAÇÃO

A oferta de ações de formação para o ano 2019/2020 são as que se seguem, desenvolvidas nas modalidades de curso e oficinas de formação nas áreas e domínios:

A – Ciências da Especialidades, (A135, A126, A127);

B – Ensino da Educação e das Ciências da Educação, (B106 científico pedagógica);

C – Práticas Pedagógico Didáticas, (C106 didáticas especificas).

 

Ações de curta duração de 3 a 6hrs – WORKSHOP:

  1. Aprendizagens Baseadas em Projetos | Educação Artística e Tecnológica
  2. Ferramentas para a criatividade | Desafios e estratégias criativas na área artística e tecnológica
  3. Aprendizagens Essenciais | Projetos  Artísticos e Tecnológicos
  4. Flexibilidade curricular| Projetos interdisciplinares

A. Cursos de Formação 15hrs – CURSO, (Área A – Ciências da Especialidade):

  1. Diário Gráfico em contexto educativo
  2. Ilustração | Qualidades comunicacionais e expressivas para a prática pedagógica
  3. A Criatividade na adaptação à sociedade contemporânea |Técnicas de agilização do Pensamento Criativo (*)
  4. EU SOU Movimento | Projeto Criativo (*)

B.  Cursos de formação 25hrs – CURSO, (Área A – Ciências da Especialidade):

  1. Materiais e Técnicas de Expressão Plástica
  2. Materiais e Técnicas de Expressão Plástica no Pré-escolar e 1º CEB
  3. Materiais e Técnicas de Expressão Plástica | Objetos escultóricos
  4. Desenho da criança | A Educação Visual e a Expressão Plástica na Infância (*)
  5. Ilustração Digital | As TIC no desenvolvimento de qualidades comunicacionais e expressivas para as práticas pedagógicas
  6. Arte e Movimento
  7. Da Impressão ao Livro do Artista |Desenvolvimento de competências ao nível das Artes e Expressões
  8. O Cinema de Animação vai à Escola
  9. Vamos contar histórias com os Brinquedos Óticos no Jardim de Infância e 1º CEB
  10. Técnicas de impressão | Materiais e processos em contexto sala de aula

C. Oficina de formação 30hrs a 50hrs – OFICINA (Área C – Práticas Pedagógico Didáticas):

  1. Arte e Educação: metodologias de observação da obra de arte (15 presenciais)
  2. Expressões D’Arte – O Português e a Expressão Plástica II (15 presenciais)
  3. Educação Artística e Tecnológica no 2.º e 3.º CEB (13 presenciais)
  4. Expressão Plástica no Pré-Escolar e 1.º CEB (13 presenciais)
  5. Desenvolvimento de um Currículo para o Século XXI – Aprendizagens Essenciais para a área e disciplinas de EXPRESSÃO PLÁSTICA e EDUCAÇÃO VISUAL (25 presenciais)
  6. Desenvolvimento de um Currículo para o Século XXI – Aprendizagens Essenciais para a área e disciplinas de ESTUDO do MEIO – (Ciência, TECNOLOGIA e Sociedade) e EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA (25 presenciais)
  7. E-LEARNING – Aprendizagem Baseada em Projetos, (PBL)

(*) As ações assinaladas não releva para efeitos de progressão na componente especifica

PROGRAMAÇÃO DE AÇÕES DE FORMAÇÃO

(Clique em oferta para aceder aos quadros das Regiões)

Oferta de formação por Regiões do país: Região Norte e Grande Porto, Região Centro e Grande Lisboa e Região Sul e Ilhas: