CF.APEVT Plano de Formação 2018-2019


PLANO FORMAÇÃO

Ano letivo 2018/2019

Caracterização

Em 2017/18 verificou-se um ressurgimento na procura de ações de formação em ações com incidência nas temáticas da Avaliação Aferida, Didáticas Especificas e da Flexibilidade Curricular, para os diferentes ciclos de estudo.

Registou-se no primeiro semestre do plano de formação a realização de dois cursos com duração de 15 horas, “Diário Gráfico em Contexto Educativo”, uma oficina de formação com 30 horas “Expressões D’Arte – interligações entre o Português e a Expressão Plástica”, três cursos de duração com 25 horas “Ilustração Digital”, “MTEPII Objetos Escultóricos” e MTEP Materiais e técnicas de expressão para professores do pré-escolar e 1º CEB. Realizaram-se também cinco Seminários com duração 3 horas sobre “Avaliação Externa – Provas de Aferição para Educação Artística, EVT e EV”, (Funchal, Porto, Coimbra, Algarve e Setúbal), reconhecidos pelo Centro de Formação da APEVT.

Estava previsto iniciar-se quatro oficinas de formação, para formação de formadores “Desenvolvimento de um Currículo para o Século XXI – Aprendizagens Essenciais para a área e disciplinas de EXPRESSÃO PLÁSTICA e EDUCAÇÃO VISUAL. E EDUACAÇÂO TECNOLÓGICA” em protocolo com a DGE nas várias regiões do país a realizar com fundos do Projeto 2020, que foram adiadas pela DGE.

Realizou-se o 1º Encontro da Rede Interdisciplinar, (APEVT, APM, APP, APEM), “Interdisciplinaridade – projetos e desafios”, em parceria com o Instituto de Educação da Universidade de Lisboa e o Encontro Nacional APEVT na Escola Secundária Garcia de Orta, Porto a 14 abril 2018, com o tema integrador “Educação Artística e Tecnológica, uma nova possibilidade de aprender”. Encontro foi reconhecido pelo Centro de Formação da Associação Nacional de Professores de Educação Visual e Tecnológica, na modalidade de Ação de Formação de Curta Duração relacionada com o exercício profissional, com a duração de 6 horas.

Objetivos de intervenção para 2018/2019

Caracterizada a situação de procura e execução de formação define-se como ações de formação prioritárias para 2018/2019:

Desenvolver o Plano de Formação visando a convergência das inscrições dos professores apenas nessas ações evitando a sua dispersão.

Elaborar ações de formação em modalidade oficinas e cursos.

Disponibilizar ações de curta duração – 6 horas, nomeadamente em escolas inscritas no Concurso Projetos Criativos e no Projeto Academias do Conhecimento Gulbenkian para o ano letivo 2018/19 e nas escolas foco e outras com professores de contacto no âmbito da Autonomia e Flexibilização Curricular visando o seu acompanhamento e recolha de dados.

Articular a oferta de formação com as Delegações Regionais da Associação.

Oferta de Ações de Formação

As propostas de Ações de Formação que se seguem estão todas confirmadas, havendo ainda duas em fase de acreditação e outras que se efetuarão a partir da solicitação de professores/escolas:

Ações de curta duração (4):

Encontros Regionais de Professores: 4 de maio 2019, Porto; 11 de maio 2019, P. Delgada; 18 de maio 2019, Funchal; Lisboa, 25 maio 2019.

Workshops por solicitação das escolas e ou de professores: “Aprendizagens Essenciais | Projetos em artes Visuais”, “Aprendizagens Essenciais | Projetos Tecnológicos”, “Flexibilidade Curricular | Projetos Interdisciplinares”

Cursos de 15 horas (4):

“A Criatividade na adaptação à sociedade contemporânea │Técnicas de agilização do Pensamento Criativo”;

“Ilustração| Qualidades comunicacionais e expressivas para a prática pedagógica”;

“O Diário Gráfico em contexto educativo”;

“Eu sou Movimento | Projeto Criativo de dança e artes plásticas”;

Cursos de 25 horas (6):

“O Desenho da Criança – Educação visual e a expressão plástica na infância “;

“Materiais e Técnicas de Expressão Plástica”;

“MTEP – Materiais e Técnicas de Expressão Plástica pré e 1º ciclo”,

“ Arte e Movimento”,

“Da Impressão ao Livro | Desenvolvimento de competências ao nível das Artes e Expressões”,

“Ilustração digital | As TIC no desenvolvimento de qualidades comunicacionais e expressivas para a prática pedagógica.”

Oficinas de 30 horas (2):

“Expressões D’Arte: o Português e a Expressão Plástica”;

“Arte e Educação: metodologias de observação da obra de arte”

Plano por Regiões