LISTAS DEFINITIVAS – Contratação Inicial e Mobilidade Interna


Divulgadas hoje as listas definitivas para a contratação inicial e mobilidade interna de professores onde se constata, mais uma vez, a dificuldade do sistema integrar novos professores, de uma forma geral, e especificamente para os grupos 240 e 530, onde as listas são apresentadas em branco, sem qualquer professor colocado e a diminuta lista, com apenas seis professores colocados na contratação inicial, para o grupo recrutamento 600, são o espelho das políticas erradas de educação que foram impostas num passado recente e que gostaríamos de ver alteradas em breve.

A APEVT volta a afirmar que estes profissionais, já muito maltratados pelo sistema educativo, especialmente com o fim do par-pedagógico na legislatura anterior, onde os professores do grupo 240 viram o seu número reduzido a quase metade com o fim da EVT no 2º ciclo, a aniquilação quase completa da disciplina de ET no 3º cíclo, que veio agravar ainda mais a precariedade dos professores desta área e fragilizar o trabalho com os alunos e a intervenção no espaço escola volta, mais uma vez, a ser refletido nas listas de contratação inicial para professores. A APEVT espera, com esta nova janela de oportunidade que poderá ser a flexibilização curricular, aberta este ano letivo a um grupo restrito de escolas em programa piloto, possa ser bem aproveitado por todos os colega nas suas escolas para voltar a dar novo brilho a esta área de saber e de trabalho de forma a reafirmar a sua presença na escola como espaço de referência para os alunos no seu currículo.